Monarquianismo dinâmico e modalista Uma análise sobre o desenvolvimento da linguagem trinitária

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Diego dos Santos Wingert

Resumo

O presente artigo se baseia nas pesquisas do Dr. John Norman Davidson Kelly, sintetizadas em sua obra denominada: Patrística: origem e desenvolvimento das doutrinas centrais da fé cristã, publicada no Brasil em 1994 pela editora Vida Nova, onde apresenta com clareza a proposta linguística que este trabalho procura orientar em seu objetivo científico. Partindo desta publicação, se procura inicialmente tratar de forma direta e pontual à significativa questão da relação linguística em um específico caso teológico e histórico, onde o movimento monarquianista – e suas variações doutrinais – do final do Século II e início do Século III são o mote em questão. O restante do texto trata de forma concreta no que diz respeito ao fenômeno ocorrido nos últimos séculos de nossa história (a partir do Século XIX), relacionado as deficiências encontradas para com o uso das terminologias antigas. Por fim, aborda-se a respeito da “nova roupagem” linguística que revestiu o antigo  movimento monarquianista; neste contexto, os dois novos termos: modalista e dinâmico, são analisados e definidos através dos novos pressuposto que a linguagem moderna os delegou.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
DOS SANTOS WINGERT, Diego. Monarquianismo dinâmico e modalista. Revista Opinião Filosófica, [S.l.], v. 11, jul. 2020. ISSN 2178-1176. Disponível em: <http://periodico.abavaresco.com.br/index.php/opiniaofilosofica/article/view/961>. Acesso em: 03 ago. 2020. doi: https://doi.org/10.36592/opiniaofilosofica.v11.961.
Seção
Dossiê