Antropologia filosófica, ética e direito em Lima Vaz

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

João Alberto Wohlfart

Resumo

O artigo tenta expor alguns elementos estruturantes do pensamento do filósofo brasileiro Lima Vaz. Como pensador sistemático, faremos uma abordagem hegeliana do pensamento de Lima Vaz que expõe a sua filosofia pelo viés da lógica dialética da Doutrina do Conceito. A estrutura metódica segue as trilhas sistemáticas do pensamento dialético. Na primeira parte expomos alguns elementos da Antropologia Filosófica no destaque de sua estrutura dialética. Na segunda parte expomos algumas noções sobre a Ética, com destaque na sua estruturação categorial. Por último, numa dedução a partir da Antropologia e da Ética, esboçamos as linhas fundamentais do Direito como um regramento das relações sociais. Como método de trabalho, será evidenciado o fundo da dialética hegeliana presente em Lima Vaz, que organiza o seu pensamento a partir das categorias de universalidade, particularidade e singularidade.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
WOHLFART, João Alberto. Antropologia filosófica, ética e direito em Lima Vaz. Revista Opinião Filosófica, [S.l.], v. 10, n. 2, p. 1–28, dez. 2019. ISSN 2178-1176. Disponível em: <http://periodico.abavaresco.com.br/index.php/opiniaofilosofica/article/view/920>. Acesso em: 19 fev. 2020. doi: https://doi.org/10.36592/opiniaofilosofica.v10i2.920.
Seção
Artigos