O Papel da Vontade na Filosofia Política de Jean-Jacques Rousseau

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Felipe Augusto Mariano Pires

Resumo

Este trabalho buscou entender os conceitos de vontade de todos, vontade do corpo e vontade geral em Rousseau, buscando a relação destes com a ideia de tirania do povo e a participação do povo no poder. Vimos que quem ocupa a centralidade da filosofia política de Rousseau é o seu conceito de vontade geral, regendo o Estado legítimo e retirando a virtude da centralidade do núcleo argumentativo da filosofia política e que a vontade geral lida com a ideia de tirania do povo através de um mecanismo que exclui a vontade de todos e coloca o povo como corpo soberano e legislador, o que define uma boa forma de governo.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
PIRES, Felipe Augusto Mariano. O Papel da Vontade na Filosofia Política de Jean-Jacques Rousseau. Revista Opinião Filosófica, [S.l.], v. 9, n. 2, p. 362-385, fev. 2019. ISSN 2178-1176. Disponível em: <http://periodico.abavaresco.com.br/index.php/opiniaofilosofica/article/view/880>. Acesso em: 27 maio 2019.
Seção
Varia