O homem, lobo do próprio homem: diálogos entre Hobbes e Chalámov

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Mauro Lopes Leal Julie Christie Damasceno Leal

Resumo

O presente trabalho tem por enfoque estabelecer uma leitura da sentença hobbesiana: “o homem é lobo do próprio homem”, com o propósito de investigar as relações que se estabelecem entre os homens, tendo em vista os conflitos inerentes à natureza humana, a exaltação da razão e o estado de natureza, e buscando articular tais concepções com as questões da liberdade e felicidade. Nesse sentido, abordar-se-á o pensamento hobbesiano sobre o homem e a sociedade, interligando-o com o conto Medição individual do escritor russo Varlam Chalámov, principalmente no que diz respeito à intolerância e supressão dos direitos humanos que permeiam a vida social.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
LEAL, Mauro Lopes; LEAL, Julie Christie Damasceno. O homem, lobo do próprio homem: diálogos entre Hobbes e Chalámov. Revista Opinião Filosófica, [S.l.], v. 8, n. 2, p. 506-532, jan. 2018. ISSN 2178-1176. Disponível em: <http://periodico.abavaresco.com.br/index.php/opiniaofilosofica/article/view/818>. Acesso em: 23 abr. 2018.
Seção
Varia