Sobre uma intencionalidade fenomenal

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Márcio Francisco Rodrigues Filho

Resumo

Neste ensaio oferecemos duas razões para se acreditar em um programa de pesquisa relativamente novo em filosofia da mente: A Teoria da Intencionalidade Fenomenal. Abordamos como esta teoria se fez, clareando seu aspecto mais importante e para isso, mostramos porque a intencionalidade fenomenal se fundamenta nas propriedades fenomenais da experiência consciente dos sujeitos para formar os conteúdos mentais que, são tidos aqui como propriedades intrínsecas da experiência consciente. Por fim, apresentaremos dois argumentos que defendem 1) a existência de estados intencionais fenomenais internalistas e 2) a intencionalidade fenomenal como fonte primária (intrínseca/genuína) da própria intencionalidade.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
RODRIGUES FILHO, Márcio Francisco. Sobre uma intencionalidade fenomenal. Revista Opinião Filosófica, [S.l.], v. 8, n. 2, p. 481-505, jan. 2018. ISSN 2178-1176. Disponível em: <http://periodico.abavaresco.com.br/index.php/opiniaofilosofica/article/view/817>. Acesso em: 18 ago. 2018.
Seção
Varia