Hegel e a Ciência da Lógica: da crítica às provas apagógicas de Kant na segunda antinomia da Crítica da Razão Pura

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Bruna de Oliveira Bortolini

Resumo

A partir da obra Ciência da Lógica, de Hegel (1816), o presente artigo analisa sua crítica às provas apagógicas de Kant, mais especificamente aquelas referente à segunda antinomia da Crítica da Razão Pura (1781), a qual trata sobre a questão da indivisibilidade e da divisibilidade do espaço, do tempo e da matéria. O estudo expõe brevemente a forma como são elaboradas por Kant tais provas, bem como suas fragilidades e limitações, para ao fim mostrar as soluções apresentadas por Hegel a elas e de que modo, através das próprias antinomias kantianas, o autor justifica a contradição entre indivisibilidade e divisibilidade como momento substancial à dialética do pensamento.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
BORTOLINI, Bruna de Oliveira. Hegel e a Ciência da Lógica: da crítica às provas apagógicas de Kant na segunda antinomia da Crítica da Razão Pura. Revista Opinião Filosófica, [S.l.], v. 8, n. 2, p. 450-462, jan. 2018. ISSN 2178-1176. Disponível em: <http://periodico.abavaresco.com.br/index.php/opiniaofilosofica/article/view/815>. Acesso em: 14 dez. 2018.
Seção
Varia