Liberdade, liberalismo e intervenção do estado: perspectivas teóricas de autores modernos

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Sávia Lorena Barreto Carvalho de Sousa

Resumo

Este ensaio teórico de base analítica visa entender criticamente aspectos do liberalismo e da intervenção do Estado. Com o objetivo central de resgatar questões trabalhadas por autores modernos da Ciência Política a respeito das formas que uma sociedade pode ser mais justa e combater as desigualdades no mundo, o questionamento principal se desdobra em reflexões sobre como conciliar a liberdade com a atuação dos mercados e a respeito dos limites da democracia neste contexto, discutidos em uma problematização de pensadores como Adam Smith, Alex de Tocqueville, Stuart Mill, Max Weber e Karl Marx em diálogo com teóricos mais contemporâneos, como Friedrich Hayek, John Rawls, Jürgen Habermas e Anthony Giddens. Conclui-se a urgência de um processo de fortalecimento dos Parlamentos, com políticas públicas de inclusão social que permitam uma sociedade mais igualitária e uma educação que abra portas para formar um cidadão crítico, que compreenda as diferenças dentro do campo do respeito ao Outro e às liberdades de escolha. A proposta de contínuo aprimoramento das instituições e juízos através de sistemas de consultas, reformas e revisões jurídicas e políticas, é cada vez mais necessária em um mundo de constantes mudanças.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
DE SOUSA, Sávia Lorena Barreto Carvalho. Liberdade, liberalismo e intervenção do estado: perspectivas teóricas de autores modernos. Revista Opinião Filosófica, [S.l.], v. 8, n. 2, p. 361-380, jan. 2018. ISSN 2178-1176. Disponível em: <http://periodico.abavaresco.com.br/index.php/opiniaofilosofica/article/view/810>. Acesso em: 25 jun. 2018.
Seção
Dossiê