A resposta de Rainer Forst ao dilema da substância sem substância

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

João Gabriel Soares Silva

Resumo

O presente trabalho visa mostrar a solução do dilema “substância sem substância” proposta por Rainer Forst em seu livro “Contextos de Justiça” resultante da controvérsia entre liberais e comunitaristas sobre o ethos da democracia: o que une os cidadãos entre si e como pode haver essa união sem que ela interfira em vínculos de natureza ética. A proposta de Forst passa pela defesa de uma democracia deliberativa intersubjetiva, tal como Habermas, e culmina em particularizar contextos de justificação.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
SILVA, João Gabriel Soares. A resposta de Rainer Forst ao dilema da substância sem substância. Revista Opinião Filosófica, [S.l.], v. 8, n. 1, p. 322-333, ago. 2017. ISSN 2178-1176. Disponível em: <http://periodico.abavaresco.com.br/index.php/opiniaofilosofica/article/view/741>. Acesso em: 21 out. 2017.
Seção
Dossiê