É Possível Construir um Conceito Hegeliano Não-Metafísico de Pessoa?

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Lauri Kallio

Resumo

Embora ser pessoal desempenhe um papel importante na filosofia de G.W.F. Hegel (17701831), ele nunca forneceu uma definição compreensiva de personalidade. Dentro do arcabouço de seus trabalhos, é, então, possível formular diferentes definições de pessoa e personalidade e algumas definições conflitantes foram apresentadas entre hegelianos durante as décadas de 1830 e 1840. Nesse artigo, examino o papel da personalidade no sistema de Hegel e discuto a relação entre personalidade e metafísica. A questão deve ser analisada no contexto dos vários trabalhos de Hegel e contrastada com dois precursores importantes de Hegel, I. Kant (17241804) e J.G. Fichte (17621814). Tentarei também por a filosofia do hegeliano finlandês J.V. Snellman (180681) sob escrutínio. O artigo também indica a importância da lógica à metafísica hegeliana e a sua concepção de personalidade.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
KALLIO, Lauri. É Possível Construir um Conceito Hegeliano Não-Metafísico de Pessoa?. Revista Opinião Filosófica, [S.l.], v. 6, n. 2, fev. 2017. ISSN 2178-1176. Disponível em: <http://periodico.abavaresco.com.br/index.php/opiniaofilosofica/article/view/667>. Acesso em: 02 jul. 2020.
Seção
Artigos