A questão da realização dos direitos fundamentais: desafios para as democracias sociais na crise do Estado social a posição de Habermas

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Leno Francisco Danner

Resumo

O presente artigo tem por objetivo refletir sobre a questão dos direitos fundamentais e da materialização dos direitos fundamentais a partir de Jürgen Habermas. Ao fazer isso, trata especificamente do sentido normativo ínsito à compreensão dos direitos fundamentais e de sua (destes direitos fundamentais) intrínseca ligação à democracia. Trata também da passagem do Estado de laissezfaire (e, portanto, de uma compreensão fundamentalmente legalista dos direitos fundamentais) para o Estado social (e, nesse caso, para a vinculação da garantia jurídica dos direitos fundamentais à questão da justiça distributiva). Queremos explicitar a leitura habermasiana acerca do conteúdo normativo dos direitos fundamentais e do Estado social, de sua crise (motivada por déficits internos e pela ascensão do pensamento neoconservador) e de perspectivas em relação ao seu futuro diante das mudanças neoconservadoras levadas a cabo tanto no panorama interno das democracias ocidentais quanto no âmbito da economia globalizada.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
FRANCISCO DANNER, Leno. A questão da realização dos direitos fundamentais: desafios para as democracias sociais na crise do Estado social a posição de Habermas. Revista Opinião Filosófica, [S.l.], v. 1, n. 2, fev. 2017. ISSN 2178-1176. Disponível em: <http://periodico.abavaresco.com.br/index.php/opiniaofilosofica/article/view/592>. Acesso em: 04 jul. 2020.
Seção
Artigos