Sobre economia e ética: as duas fontes da economia na escolástica e seu afastamento na modernidade

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Márcio Francisco Rodrigues Filho

Resumo

Neste artigo procuro oferecer razões para concordarmos com as afirmações de Amartya Sen expostas no primeiro capítulo do seu livro Sobre ética e economia intitulado: Comportamento econômico e sentimentos morais. Ali, Sen defende que a Economia moderna possui duas fontes que ele denomina: ética e engenharia. Para Sen, o distanciamento das duas origens empobreceu a Economia moderna contribuindo para um caráter não-ético desta ciência, mesmo a Economia devendo grande parte da sua evolução histórica à filosofia moral. Buscarei oferecer razões para se concordar com Sen sobre o afastamento dessas duas fontes, a ética e a engenheira, na Economia moderna, mostrando algumas preocupações filosóficas e econômicas na escolástica em um momento histórico onde as questões éticas eram indissociáveis das questões econômicas, no sentido de Sen.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
RODRIGUES FILHO, Márcio Francisco. Sobre economia e ética: as duas fontes da economia na escolástica e seu afastamento na modernidade. Revista Opinião Filosófica, [S.l.], v. 4, n. 2, fev. 2017. ISSN 2178-1176. Disponível em: <http://periodico.abavaresco.com.br/index.php/opiniaofilosofica/article/view/552>. Acesso em: 26 fev. 2020.
Seção
Varia