Abordagem da Lógica do Ser-Aí e o Andamento da Lógica do Ser-Aí até a Categoria da Finitude

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Camilo José Jimica

Resumo

Este artigo examina o segundo capítulo da lógica do ser sobre o ser-aí de Hegel e procura destacar, a partir disso, os conteúdos, com análise interpretativa e crítica. O texto está dividido em duas partes. Em ambas as partes, sustenta-se que uma interpretação começa com a estruturação do texto. Na primeira, trata-se da derivação das categorias de determinação, constituição e limite, isto é, apresenta-se aquilo que Hegel entende ser a essência da dialética e o resultado destas categorias. Neste horizonte, pode-se compreender melhor a teoria hegeliana das categorias na lógica do ser-aí. Na segunda parte, apresenta-se a teoria da finitude de Hegel. Ele deixa-se objetar que a persistência, com a qual o entendimento insiste na finitude, não pode decair exclusivamente à crítica, porque ela inclui uma verdade.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
JOSÉ JIMICA, Camilo. Abordagem da Lógica do Ser-Aí e o Andamento da Lógica do Ser-Aí até a Categoria da Finitude. Revista Opinião Filosófica, [S.l.], v. 4, n. 2, fev. 2017. ISSN 2178-1176. Disponível em: <http://periodico.abavaresco.com.br/index.php/opiniaofilosofica/article/view/541>. Acesso em: 04 ago. 2020.
Seção
Artigos