Marx e Marcuse: Acerca da Alienação do Homem e seu Trabalho

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Fabio Goulart

Resumo

Este artigo tem como objetivo apresentar e analisar o conceito de alienação nos manuscritos do jovem Marx e a respectiva análise feita por Herbert Marcuse acerca de tal conceito. O primeiro passo é apresentar a distinção e similitude entre os termos alemães Entäusserung e Entfremdung que dão origem a tal conceito. Depois vemos como na análise de Marx seria evidente que na lógica capitalista o trabalhador e seu trabalho estão rebaixados à miserável posição de mercadoria barata e substituível onde o fruto de seu trabalho torna-se cada vez mais distante. Nesta relação o trabalho se torna uma potência sobre o ser humano, fato este que seria a origem de diversos problemas sociais e formas de violência. Depois apresentamos a análise feita por Marcuse acerca dos respectivos texto de Marx, onde veremos os motivos porque ele acreditava que alienação e trabalho seriam conceitos ligados a essência humana e consequentemente muito além da economia.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
GOULART, Fabio. Marx e Marcuse: Acerca da Alienação do Homem e seu Trabalho. Revista Opinião Filosófica, [S.l.], v. 5, n. 1, fev. 2017. ISSN 2178-1176. Disponível em: <http://periodico.abavaresco.com.br/index.php/opiniaofilosofica/article/view/510>. Acesso em: 08 jul. 2020.
Seção
Varia