Guerras Justas e Injustas Michael Walzer: Uma Argumentação Moral com Exemplos Históricos

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Romualdo Santos Monteiro

Resumo

O presente artigo pretende abordar a questão da moralidade nas guerras justas e injustas de Michael Walzer. Como se processa o comportamento das autoridades perante as guerras, as batalhas, os embates. Os procedimentos tomados em cada peleja por seus líderes analisado minuciosamente por Walzer. Esse pensador trata dos aspectos mais utilizados pelos realistas no que diz respeito ao agir antes, durante e após a guerra. Num segundo momento Walzer trata da realidade e da moral. Como se estruturam estas duas categorias num estado de guerra. Será tratado do relativismo histórico e, em especial, a visão hobbesiana como pressuposto de um estado de guerra. Um terceiro tópico a ser debatido será o crime de guerra. Em que circunstâncias poderá ser considerada a guerra como uma causa justa? Quais as circunstâncias que a tornam injusta? Haverá um momento em que a guerra torna-se um inferno devido o grau de atrocidades e não tem mais volta. Num tópico final, Walzer trata das normas de guerra. Ele utilizará de alguns exemplos de combates para fundamentar sua tese sobre a normatividade da guerra.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
MONTEIRO, Romualdo Santos. Guerras Justas e Injustas Michael Walzer: Uma Argumentação Moral com Exemplos Históricos. Revista Opinião Filosófica, [S.l.], v. 3, n. 2, fev. 2017. ISSN 2178-1176. Disponível em: <http://periodico.abavaresco.com.br/index.php/opiniaofilosofica/article/view/486>. Acesso em: 05 jul. 2020.
Seção
Dossiê