Uma análise crítica das leituras naturalistas de Nietzsche: a vontade de poder como chave para o naturalismo nietzschiano

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Leonardo Camacho de Oliveira

Resumo

O tema em foco nesta apresentação é a análise de leituras naturalistas de Nietzsche. Hoje contemplamos uma nova e crescente corrente de pensadores vinculados a uma tradição analítica e próxima das ciências naturais, que estão se voltando ao pensamento nietzschiano em busca de um novo ar para suas questões. Neste trabalho faremos uma análise crítica das leituras de Brian Leiter e Richard Schacht, as quais polarizam de forma interessante esse debate. Também proporemos uma posição quanto ao tema, defendendo que Nietzsche, ao invés de alinhar-se a um dos extremos do dualismo entre ciências do espírito e ciências da natureza, vai intentar superá-lo através de um novo registro interpretativo, a vontade de poder.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
DE OLIVEIRA, Leonardo Camacho. Uma análise crítica das leituras naturalistas de Nietzsche: a vontade de poder como chave para o naturalismo nietzschiano. Revista Opinião Filosófica, [S.l.], v. 4, n. 1, fev. 2017. ISSN 2178-1176. Disponível em: <http://periodico.abavaresco.com.br/index.php/opiniaofilosofica/article/view/225>. Acesso em: 08 jul. 2020.
Seção
Artigos